quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

O Impossível



Este é sem dúvida um dos melhores filmes que já vi na vida e até agora é o melhor do ano, simplesmente excelente. Baseado numa história verídica, esta película mostra-nos de uma forma quase perfeita como uma família sobreviveu ao tsunami de 26 de dezembro de 2004.

Maria (Naomi Watts), Henry (Ewan McGregor) e os seus filhos Lucas (Tom Holland), Thomas (Samuel Joslin) e Simon (Oaklee Pendergast) vão de férias até à Tailândia, mas o imprevisto acontece. "O Impossível" está repleto de terror, medo e dor, mas também de compaixão, bondade e esperança.

A meu ver o melhor de "The Impossible" é a sequência do maremoto, pois está deveras realista e faz com que eu me tenha sentido lá. Sentimos o medo, a dor, a aflição e o tormento daquelas pessoas. Também adorei a cena do reencontro, pois é completamente comovente.

"Lo Imposible" é o primeiro filme que me vez chorar no cinema, pois até agora os únicos que me tinham feito chorar foram vistos em VHS e esses filmes são "O Rei Leão" e "Titanic". É quase impossível não chorar a ver "O Impossível", pois o realizador Juan Antonio Bayona conseguiu captar excelentemente os momentos mais tocantes e emocionantes. Por ser inspirado em factos verídicos esta história ainda me emocionou mais, a química entre Naomi Watts e Tom Holland também contribuiu para isso e os momentos mais emocionantes conseguiram-me verter lágrimas.

Os efeitos visuais e sonoros deste filme estão perfeitos, o impacto por mim sentido no cinema faz com que me tenha sentido parte da história. A história faz-nos pensar nas nossas vidas e valorizar a nossa família, os nossos amigos e a nós próprios.

Este filme está quase perfeito, mas tem algumas falhas e uma das que aponto é que deveríamos ter visto como é que Thomas e os seus dois filhos sobreviveram ao maremoto.

"Lo Imposible" estreou em Portugal a 17 de janeiro de 2013 e está nomeado apenas a um Óscar, o de Melhor Atriz Principal para Naomi Watts, que na minha opinião deve ser a vencedora deste prémio. Por falar em Óscares, a meu ver "The Impossible" merecia pelo menos mais três nomeações a esta estatueta: Melhor Filme, Melhor Realizador e Melhor Ator Principal para Tom Holland, que me surpreendeu com o seu distinto desempenho.

A banda sonora desta história, criada por Fernando Velázquez, está também muito boa e é bem colocada no filme. Do mesmo modo adoro a música One, interpretada por Damien Rice.

"O Impossível" é um filme de 2012, dirigido por Juan Antonio Bayona, com argumento de Sergio G Sánchez e baseado na história verídica de María Bélon. No elenco podemos contar com Naomi Watts, Ewan McGregor, Tom Holland, Samuel Joslin, Oaklee Pendergast, Samuel Joslin, Oaklee Pendergast, Jomjaoi Sae-Limh, Johan Sundberg, Sönke Möhring e Ploy Jindachote, entre muitos outros. Aconselho vivamente este filme, vejam.



5*

4 comentários:

  1. Uau... Não estava muito curioso para ver este filme até ler este post!
    Obrigado... Parabéns pelo blogue.
    Bons Filmes!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite Turista e Artista, ainda bem que gostou do blog e do artigo.
      Obrigado, depois quando vir o filme passe aqui a dar a sua opinião.
      Cumprimentos.

      Eliminar
  2. Nossa fazia tanto que eu não chorava ao ver um filme. Eu só chorei em treis filnes ate hoje ( nalfrago,the terminal, Titanic) agora esse foi pra me rebentar. Esse doeu ate minha malma pensei que minha tava morrendo também.

    ResponderEliminar