segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Cake: Um Sopro de Vida



"Cake: Um Sopro de Vida" (título nacional) é um filme com uma história interessante, mas não me cativou tanto quanto pensei que fosse fazer. É demasiado lento, demasiado monótono e demasiado grande.

"Cake" (título original) é um filme de drama, mas por vezes o seu tom é demasiado dramático. Jennifer Aniston teve um grande desempenho, mas Adriana Barraza não esteve nada mal também e foram os seus desempenhos que me interessaram nesta película monótona.

A personagem de Anna Kendrick foi importante no desenrolar de "Cake: Um Sopro de Vida", mas algumas das suas cenas eram demasiado forçadas. Este filme, estreado em Portugal a 19 de março de 2015, fala-nos de temas bastante importantes e isso também é bom.

Contudo "Cake" sofre por ter deixado bastantes pontas soltas, algumas cenas por dizer e arestas por limar. A sequência da viagem ao México foi a minha preferida e a química entre Jennifer Aniston e Adriana Barraza era bastante visível, portanto recomendo que façam um visionamento deste filme.

"Cake", filme de 2014, foi realizado por Daniel Barnz e contou com argumento de Patrick Tobin. A cena final deixou a desejar, porque tal como referi houve coisas por resolver nesta película. Por fim, gostei de saber o significa do título do filme durante o desenrolar do seu enredo.

Em "Cake: Um Sopro de Vida" contamos com Jennifer Aniston, Adriana Barraza, Anna Kendrick, Sam Worthington, Mamie Gummer, Felicity Huffman, William H. Macy, Andrew Elvis Miller, Evan O'Toole, Chris Messina, Lucy Punch, Britt Robertson e Manuel Garcia-Rulfo, entre outros.



3*

2 comentários:

  1. Sinceramente, achei o filme uma seca. É do tipo que se vermos, não faz mal mas se não vermos também não perdemos nada.

    ResponderEliminar