quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Mad Max: Estrada da Fúria



"Mad Max: Estrada da Fúria" mostra-nos que o mundo está cada vez mais caótico e devastado e isso é-nos mostrado de uma forma bastante boa, portanto recomendo que vejam este filme.

"Mad Max: Fury Road" tem efeitos visuais bastante bons e competentes, mas peca por ser grande demais e se tivesse tido menos um quarto de hora ou vinte minutos não teria enrolado tanto a história.

E agora falando em teorias há quem diga que o novo Max é o filho do Max de "Mad Max - As Motos da Morte", eu pessoalmente penso que pode ser o rapaz feroz de "Mad Max 2: O Guerreiro da Estrada" e há ainda quem diga que é o filho do piloto de aviões de "Mad Max 3: Além da Cúpula do Trovão".

Contudo há ainda a possibilidade de o personagem dos vários filmes ser o mesmo e que apenas mudou o ator, tendo havido um recast para Max.

A luta pela gasolina intensificou-se e em "Mad Max: Estrada da Fúria" há agora luta pela água, no fundo este filme é um pouco mais apocalíptico do que os outros pois os danos são maiores.

"Mad Max: Fury Road" tem uma banda sonora bastante boa, gostei ainda dos efeitos sonoros presentes no filme.

"Mad Max: Estrada da Fúria" é um filme de 2015 realizado por George Miller e com argumento de Nico Lathouris, Brendan McCarthy e George Miller.

"Mad Max: Fury Road" conta no elenco com Tom Hardy, Charlize Theron, Nicholas Hoult, Zoë Kravitz, Rosie Huntington-Whiteley e Hugh Keays-Byrne, entre outros.



4*

4 comentários:

  1. Não me lembro de vi o primeiro mad max mas este com o "meu" Tom Hardy gostei bastante. Faltava-lhe um romancezinho, não?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ana, obrigado pelo seu comentário. Tem que ver os filmes da trilogia original, são muito bons. Sobre a pergunta do romancezinho respondo que não, não falta romance no filme porque na trilogia e neste filme notei que neste Mundo devastado não há espaço para o amor havia mas tudo foi transformado em dor e caos.

      Eliminar
    2. Acho que não vi mesmo por isso não me lembro bem da história original.
      Num mundo onde há caos, não há lugar para o romance porque a luta pela sobrevivência é mais forte. E se as pessoas continuarem a maltratar o planeta como têm feito até agora, aquela realidade do filme não estará longe de nós. :(

      Eliminar