segunda-feira, 21 de março de 2016

Eragon



"Eragon" é um filme do qual gostei e que me cativou, apesar de não me ter cativado como esperava que fizesse.

"Eragon" em parte faz-me lembrar a série "Game of Thrones", talvez por causa dos dragões.

"Eragon" tem ação e algum drama, mas faltou-lhe um argumento mais bem trabalhado.

Não posso opinar sobre o livro porque não li, mas penso que a "Eragon" deveria ter continuação pois a cena final deixou uma porta aberta para uma sequela inexistente.

"Eragon" é um filme de 2006 realizado por Stefen Fangmeier, com argumento de Peter Buchman e baseado na obra de Christopher Paolini.

Em "Eragon" contamos com Ed Speleers, Jeremy Irons, Sienna Guillory, Robert Carlyle, Chris Egan, John Malkovich, Garrett Hedlund, Rachel Weisz e Djimon Hounsou, etc.



3*

2 comentários:

  1. Revi-o no outro dia. Para mim, a falha fatal deste filme foi o segundo acto. Há uma parte enorme que consiste quase só no Eragon e no Brom a viajarem e a conversarem um com o outro. O diálogo conta-nos coisas importantes, mas num mundo de magia e dragões, haver um pedaço enorme de filme construído assim é uma oportunidade falhada, na minha opinião.
    Acho que um bom exemplo para demonstrar o tipo de erros de realização deste filme são os Ra'zac. Há algumas cenas onde é estabelecido o quão temíveis eles são, mas quando chega a luta, morrem em segundos. Comparando-os, por exemplo, com os Nazgul do Senhor dos Anéis, nunca chegam a ameaçar o Eragon ao ponto de eu ter achado que ele não estava no controlo da situação.
    Pareceu-me como se este filme fosse um resumo do livro, talvez tenho sido adaptado de uma forma que não gosto.
    O Jeremy Irons como Brom e a Sienna Guillory como Arya foram a minha parte favorita. É pena que não tenha encontrado sucesso comercial, tinha alguma esperança que pudesse haver uma sequela que evoluísse a partir deste.

    ResponderEliminar